Escrever sobre memórias é um exercício orgânico para não esquecer. Assim como fazer caminhada, pedalar ou malhar para que o corpo não sucumba.

Muitas vezes, somos tomados pelos pensamentos e estes, não tendo mais “espaço” na cabeça, precisam ser postos para fora. Eu faço isso através da escrita.

Ultimamente, minha “caixa” anda lotada, mas por alguma razão, há uma trava entre a caixa e a caneta.

Bem, venho refletindo muito sobre minha vida e nos rumos que ela está tomando (ou deixando de tomar). Tenho vontade de desistir de muitas coisas. É um sentimento temporário; no entanto, tornou-se mais presente nos últimos dias.

Não quero ficar me justificando, até porque justificativas só explicam algo, mas não apontam solução alguma.

Todas essas palavras que escrevi não tem nada a ver com Kung Fu, certo?

Aos olhos do leigo, escrever sobre marcialidade é se referir a golpes, socos e chutes. Será que é somente sobre isso? E nossas lutas internas? Nossas constantes, silenciosas e angustiantes guerras travadas no nosso íntimo.

Costumava me perguntar o porquê das pessoas, na atualidade, buscarem alguma arte marcial para praticarem. Boa parte vive a ilusão de quebrar tábuas com um só golpe ou levitar como num filme do Ang Lee. Outras simplesmente pensam no corporal ou pra dar “porrada” em alguém.

Ultimamente, eu volto essa pergunta para mim: por que ainda prático arte marcial? E sinceramente, não tenho uma resposta definida neste momento. Como disse, minha mente anda lotada de pensamentos, alguns desses questionando antigas e novas proposições.

Uma das poucas certezas que tenho vem de um conselho que meu mestre Julio Camacho me oferece (e me lembra com uma certa frequência nos últimos tempos): mais do que nunca, preciso escrever.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s