Atualizar o coração

Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.

(Antoine Saint-Exupéry)

 

Aqui é um relato vindo do coração.

O mesmo coração que tanto foi comentado na noite de ontem, na aula introdutória sobre o Siu Nim Tau, o primeiro domínio do Sistema Ving Tsun. De um coração que aceitou o convite do Si Fu para ingressar à Família Moy Jo Lei Ou, há quase quatro anos.

Voltar aos fundamentos do Sistema Ving Tsun é uma oportunidade especial para todos aqueles que desejam se aprofundar e (re)conectar com o desenvolvimento das próprias capacidades. No meu entender é, sem dúvidas, um dos maiores eventos do nosso Clã em 2020.

photo5019635279811684502
Meu Si Fu, mestre sênior Julio Camacho, no encontro “Desvendando” sobre o Siu Nim Tau, em 12 de agosto de 2020.

A proposta do projeto “Desvendando” já se encontra no próprio vocábulo, como versa meu Si Fu: através do estudo minucioso da Trilogia Fundamental do Sistema Ving Tsun (Siu Nim Tau, Cham Kiu e Biu Ji), tirar as vendas que atrapalham nossa percepção sobre o Kung Fu. Ver o que de fato as coisas são, sem preconceitos, fábulas ou distorções. E, se o que é a essência, por vezes, encontra-se no invisível das nossas questões e inquietações pessoais, trazer o que há de mais autêntico de nós mesmos é possível através do olhar pelo coração.

Compreender o significado do Siu Nim Tau (念頭), por meio da listagem de movimentos ou pela análise dos ideogramas que compõe o termo, é importante; contudo, não somente. O que meu Si Fu trouxe ontem, ao falar das impressões do Si Taai Gung, Patriarca Moy Yat, e das suas próprias, é a possibilidade de nós, praticantes, encontrarmos nossa autenticidade através da prática frequente do Siu Nim Tau. Dessa forma, trilhar pelo “início da ideia”, um das interpretações do domínio, é buscar o desenvolvimento constante: lembrar suas experiências, atualizá-las às circunstâncias e não impor a sua vontade.

photo5019635279811684499
Hoje foi a primeira vez que eu fiz, por caligrafia, os ideogramas que compõe o nome “Siu Nim Tau’ (念頭). É um exemplo de como é o meu Siu Nim Tau: imperfeito, em atualização constante.

Uma das grandes qualidades de meu Si Fu é essa capacidade de “atualizar o coração”(Nim), trazida pelo Siu Nim Tau. Sem distinção, ele se coloca a ouvir o que cada um de nós tem para ser dito, inclusive nossos silêncios. Acredito que essa é uma das grandes lições cotidianas que ele nos oferece: faça o Siu Nim Tau. Sempre.

photo5019635279811684485
Eu e meu Si Fu, no antigo núcleo Barra. Outubro de 2019.

Eu comecei esse relato de experiência falando de coração. Que, ao longo dessa grande jornada na vida Kung Fu, o meu desejo se reduza a tão somente estar mais próxima do meu Si Fu. De coração para coração. Sigamos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s